whatsapp

Data: 23 de novembro de 2020

Como alimentação saudável contribui para o funcionamento do corpo?

Para garantir o bom funcionamento do corpo, é importante ter uma alimentação saudável associada à prática de exercícios físicos e outros bons hábitos. Sabemos que, com uma rotina cada vez mais intensa, as pessoas optam por alimentos industrializados e levam uma vida sedentária. Como consequência, no Brasil, a obesidade aumentou 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018.

Para evitar essa e outras doenças, é importante investir em dietas ricas em vitaminas e minerais, evitando doces e frituras e aumentando o consumo de água durante o dia. Além disso, mesmo que nem sempre seja possível fazer uma boa refeição, opte por snacks e lanches rápidos de marcas que produzam opções mais saudáveis e naturais. 

Leia o conteúdo até o final e confira os benefícios de uma alimentação saudável. 

Quais os benefícios da alimentação saudável para o funcionamento do corpo? 

Cada tipo de nutriente, como proteína, carboidrato, lipídeos, vitaminas e minerais possuem funções específicas no nosso corpo. É por meio deles que ocorrem reações voluntárias e involuntárias, que permitem que realizemos a maioria das ações, como pensar, andar, realizar exercícios, entre outras ações. 

Com uma alimentação pobre em bons nutrientes, é comum que pessoas apresentem vários sintomas e doenças, como fraqueza, anemia, raquitismo e osteoporose. Esses exemplos são doenças associadas à falta de vitaminas e minerais na alimentação. Além disso, uma dieta de má qualidade pode ocasionar em doenças mais graves, como obesidade, hipertensão e diabetes tipo 2. 

Ou seja, uma boa alimentação ajuda na prevenção de várias doenças, fortalece o sistema imunológico, diminui o risco de doenças crônicas, ajuda no funcionamento do intestino, melhora a produtividade e concentração, regula a produção hormonal e melhora a qualidade do sono. 

Quais alimentos mais indicados para uma alimentação saudável?

Uma alimentação saudável consiste em uma dieta equilibrada em nutrientes. Afinal, para garantir um bom funcionamento do corpo é importante ingerir as porções corretas carboidratos, lipídeos, vitaminas e minerais. A falta ou excesso de algum desses nutrientes pode prejudicar a saúde. Por isso, tenha uma dieta balanceada. 

Confira alguns alimentos acessíveis e saborosos que podem ser combinados em várias refeições. 

Linhaça

A linhaça é uma semente rica em ômega 3, um ácido graxo que atua no organismo reduzindo inflamações, melhorando os níveis do colesterol, aumentando o HDL (bom colesterol) e diminuindo o LDL (colesterol ruim), e protegendo o corpo de doenças cardiovasculares e cerebrais. Essa opção pode ser utilizada em saladas, vitaminas, bolos e pães. 

Chia

A chia é considerada um super alimento. A semente é originária da Guatemala e possui nutrientes, como fibras, cálcio, potássio e ômega 3. Uma colher de chá de chia por dia na salada ou suco já é suficiente para inserir minerais e vitaminas na alimentação e prevenir problemas cardiovasculares e de diabetes.

Quinoa

A quinoa é originária da América do Sul e considerada o grão de ouro pelos nativos da região. Assim como a linhaça e chia, ela também é rica em ômega 3, além de possuir proteína, vitamina B, cálcio e magnésio. Boa opção para saladas ou substituto para carne em receitas como quibe de quinoa, bife de quinoa, entre outras opções. A quinoa ajuda na construção de músculos mais fortes e previne doenças como infarto e derrame. 

Frutas vermelhas

As frutas vermelhas — amora, morango, cereja, framboesa, cranberry e goji berry — além de deliciosas são ricas em nutrientes de alto valor, como ferro, cálcio, fósforo e potássio. Elas ajudam no combate à anemia, colesterol alto e são fontes ricas de vitaminas C e vitaminas do complexo B, tendo altas propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento. Elas podem ser consumidas in natura ou serem ingredientes de tortas e sucos. 

Oleaginosas

As oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas também fazem muito bem para a saúde. A castanha possui selênio, que é rico em antioxidante e fortalece o sistema imunológico. As nozes possuem a gordura monoinsaturada, gordura boa, que ajuda no controle do colesterol. Já as amêndoas possuem cálcio e magnésio que são importantes para a saúde óssea. Você pode consumir o mix de oleaginosas no café da manhã ou pequenas porções ao longo do dia. Além disso, você pode adicioná-las em bolos e cookies.

Gengibre

O gengibre é uma raiz originária do continente asiático e tem vários usos tanto na gastronomia quanto na medicina. Ele atua como bactericida e desintoxicante, reforçando o sistema imunológico e respiratório. Além disso, o chá de gengibre é muito utilizado para combater azia e enjoos e facilita a digestão de alimentos gordurosos.

Portanto, para ter um organismo saudável, é importante ter uma alimentação saudável, com diferentes grupos de alimentos e em quantidade adequada. Além disso, a ingestão correta de água é fundamental para manter tudo funcionando bem. Para descobrir qual é o volume ideal no seu caso, multiplique o seu peso por 35ml. O resultado é a quantidade de água que você deve ingerir. 

Gostou do nosso conteúdo? Quer receber outros conteúdos como esse na sua caixa de e-mails? Então, cadastre-se na nossa newsletter!

Data: 23 de novembro de 2020

5 benefícios da linhaça!

A semente da linhaça começou a ser consumida a centenas de anos atrás. O próprio imperador Carlos Magno conhecia os benefícios da linhaça e fazia com que seus súditos comessem as sementes para terem uma saúde melhor. Nos últimos anos, a linhaça ganhou status de superalimento e seus benefícios foram comprovados através de estudos. 

A linhaça é uma das fontes mais ricas no mundo de alfa-linolênico (ALA), um ômega 3 vegetal. Além disso, ela tem fibras e vitaminas que ajudam na redução do colesterol, melhora da pressão arterial e diminui o risco de câncer. Para entender melhor e conferir outros benefícios, leia o texto até o final. 

5 benefícios da linhaça 

A linhaça possibilita uma melhora na saúde intestinal, melhora a pele, reduz o colesterol, ajuda no equilíbrio hormonal e aumenta a saciedade, reduzindo o desejo de ingestão de carboidratos. Veja outros benefícios. 

1. Nutritiva 

Um dos benefícios da linhaça é que ela é altamente nutritiva. Existem dois tipos de grãos, o marrom e o dourado, e os dois são nutritivos. Com apenas 7 gramas de linhaça, você consegue adquirir boas quantidades de proteína, fibras, ômega 3 e vitaminas, como B1 e B6. Ou seja, isso faz dela uma ótima opção suplementar para manter a ingestão de nutrientes em dia. 

2. Rica em ômega 3 vegetal

Para os vegetarianos, veganos ou para quem não consome peixe, a linhaça é uma excelente fonte de ômega 3 vegetal. Como explicamos acima, a semente possui alta concentração de alfa-linolênico que impede que o colesterol seja depositado nos vasos sanguíneos do coração. Como resultado, reduz a inflamação das artérias e outros problemas cardíacos. 

3. Ajuda no emagrecimento

Por ser rica em fibras e baixa em carboidratos, a linhaça auxilia no emagrecimento. Com um alto teor de fibra solúvel em água, ela é digerida lentamente no estômago o que aumenta a sensação de saciedade e a absorção de nutrientes. Por algumas fibras não serem quebradas no trato digestivo, isso ajuda na desintoxicação do cólon.

4. Diminui o colesterol 

A semente de linhaça também ajuda a baixar os níveis de colesterol no sangue. Segundo estudos, o consumo de 30 gramas de farinha de linhaça, diariamente, por três meses, pode reduzir o LDL (colesterol ruim), em até 20%. Esse efeito deve-se ao fato da fibra presente na linhaça se ligar aos sais biliares, retirando colesterol do sangue para o fígado, reduzindo assim, o nível de colesterol no sangue.

5. Melhora a saúde da pele e cabelos 

A linhaça possui ácidos graxos essenciais e vitaminas do complexo B que ajudam a tornar os fios do cabelo mais brilhantes e fortes. Além disso, os nutrientes também reduzem o ressecamento e descamação da pele, sendo um poderoso aliado no combate de acne, rosácea e eczema. 

Sobre a quantidade recomendada de ingestão por dia, os estudos apontam que duas colheres de sopa seja o ideal para homens e mulheres. Esse valor equivale a 20% da quantidade de fibras necessárias em uma dieta saudável de um adulto. Por isso, todo o resto deve ser adquirido em outros alimentos, como aveia, chia, lentilha, grão-de-bico, abacate, entre outras opções. 

Portanto, depois de ler esse conteúdo, você percebeu como há vários benefícios na ingestão de linhaça. Assim, é importante inserir esse alimento na sua rotina, além de sempre buscar um estilo de vida mais saudável, com bons hábitos e a prática de exercícios físicos. 

As sementes de linhaça são facilmente encontradas à venda. A Kobber, por exemplo, possui tanto a linhaça dourada quanto a linhaça marrom, além da farinha. Esta opção é ótima para ser utilizada em receitas de pães e bolos. Para conferir esse e outros produtos das nossas linhas, acesse o site e compre agora! 

Data: 23 de novembro de 2020

Granola: veja os benefícios e os tipos mais comuns!

A granola é um mix de frutas secas, cereais e oleaginosas. É possível encontrar granolas de todos os tipos, mas, no geral, elas são compostas por banana, uva-passa, aveia, farelo, floco de milho, floco de arroz, amêndoas, castanhas e nozes. Além de ser deliciosa, a granola é muito nutritiva sendo fonte rica de magnésio, zinco, cobre, selênio, vitaminas do complexo B e E.

A granola se popularizou nos últimos anos e se tornou uma opção para quem está em busca de uma alimentação mais saudável. Ela é bem conhecida por ser uma boa opção do café da manhã, mas o produto também pode ser ingrediente para receitas de cookies, bolos e muffins. Para entender melhor como esse alimento ajuda na saúde conferir os tipos de granola, leia o conteúdo até o final. 

Quais os benefícios que a granola traz para a alimentação?

A granola possui uma série de benefícios, confira os principais. 

  • Reduz os níveis de colesterol (LDL);
  • Melhora a saúde intestinal;
  • Contribui para a perda de peso; 
  • Melhora a aparência da pele;
  • Aumenta a saciedade; 
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Tem ação antioxidante;
  • Ajuda na prevenção de diabetes;
  • Protege a saúde do coração. 

Outro grande benefício da granola é que ela pode ser um bom substituto de pães e torradas. Ao substituir a farinha branca por opções mais saudáveis, você perde mais peso e tem uma vida mais saudável. A sugestão é consumir em torno de 40g por dia de granola. Ou seja, 4 colheres de sopa. Contudo, essa referência pode variar conforme as recomendações nutricionais. 

Quais os tipos de granola disponíveis? 

A Kobber é a maior fabricante de Granola do Brasil. Temos excelência na fabricação de granolas com ingredientes de qualidade, criteriosamente selecionados, com uma tecnologia inovadora. Conheça nossas linhas de produto. 

Granolas Kobber 

As granolas Kobber são feitas com Floko.Mix ®, um composto multicereais com arroz, trigo, milho, aveia e cevada, que proporciona uma alimentação mais equilibrada e saudável. Nessa linha, é possível encontrar as opções de banana e mel; cacau light; maçã e canela light; tradicional e zero. 

Granolaxx

A granolaxx é uma linha de cereal de alto teor de fibras, sem glúten e sem lactose. Uma porção diária de 40g, proporciona 24% da recomendação diária de fibras. Disponível na versão super fruta com goji berry e cranberry e cacau, banana e caju.

Granola Star 

A Kobber desenvolveu a melhor Granola Premium do mercado com a linha Star. Nela, há duas opções de sabor: frutas e nuts e Star zero. O destaque dessa linha é o seu sabor incomparável e a crocância diferenciada. Sem açúcar, rica em fibras, sem glúten e baixo teor de sódio, as granolas da linha Star proporcionam 50% mais fibras que uma granola tradicional. Com mais de 20% de frutas e nuts, sua embalagem com zíper abre e fecha, e fundo plano, facilitam a organização e armazenamento do produto. 

Granola de tapioca 

Sem glúten, sem lactose e fonte de fibras, a granola de tapioca da Kobber é uma ótima opção para o café da manhã. A linha oferece opções de banana, canela e mel; cacau e castanha de caju, coco e castanhas. 

Portanto, a granola é um excelente alimento e deve fazer parte da sua rotina de alimentação. É importante ressaltar que cada tipo de granola tem um valor nutricional que varia conforme os ingredientes utilizados. Mas não se preocupe, pois, todas essas informações estão na embalagem dos produtos e no site da Kobber. 

Se você se interessou pelos produtos e quer adquirir agora mesmo, entre em contato conosco via Whatsapp (11) 98415-5183 e faça seu pedido. 

Data: 23 de novembro de 2020

Você sabe o que são as superfrutas?

O termo superfruta é relativamente recente, se popularizou a partir de 2004, quando o livro SuperFoods apresentou 14 alimentos extraordinários em valor nutritivo. Desde então, esse termo passou a ser utilizado para promover frutas com altas propriedades funcionais e que podem ser utilizadas como matérias-primas ou ingredientes pelos fabricantes de alimentos funcionais, bebidas e nutracêuticos.  Essas frutas se destacam, pois, possuem um alto valor nutricional e propriedades antioxidantes comprovadas, que melhoram a saúde e ajudam na prevenção de várias doenças. Por isso, o consumo dessas superfrutas tem aumentado nos últimos anos. Para entender melhor e conferir quais são as principais opções, leia o conteúdo até o final. 

O que são as superfrutas? 

Ainda não há uma definição única dos critérios utilizados para as superfrutas, mas em trabalho recente, quatro pontos foram combinados para definir essa categoria: conteúdo em nutrientes, qualidades de antioxidantes, intensidade das pesquisas médicas e sucesso/disponibilidade comercial — definido como a facilidade com a qual determinada fruta, com suas características de sabor, aparência, aroma e benefícios para a saúde, pode ser encontrada pelos consumidores —. 

Confira as principais:

  • Acerola;
  • Mirtilo;
  • Amora preta;
  • Cereja;
  • Groselha; 
  • Cupuaçu;
  • Goiaba;
  • Kiwi; 
  • Açaí; 
  • Blueberry;
  • Goji Berry;
  • Cranberry; 
  • Guaraná;
  • Romã;

Inicialmente consumidas in natura ou em sucos, as superfrutas já aparecem como ingredientes em inúmeros alimentos. É possível colocá-las em tortas, doces e até panquecas. Não há uma definição quanto a quantidade ideal, mas os médicos dizem que de 3 a 4 xícaras de chá, por semana, é um bom valor. 

Quais os benefícios desse tipo de alimento?  

As superfrutas são ricas em nutrientes, fibras, ácido graxo e conhecidas pelo alto conteúdo de flavonoides, antocianinas, vitamina C e antioxidantes. Esses alimentos possuem propriedades anti-inflamatória e antioxidantes que neutralizam os radicais livres, ajudando na prevenção de doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson. Atualmente, o açaí é a superfruta com maior índice de antioxidantes.  

Além desses benefícios, elas também ajudam no combate de doenças neurológicas, cansaço, leucemia e o câncer de próstata. De fato, podemos perceber que as superfrutas são extremamente ricas em nutrientes, mas que ainda há uma grande carência em pesquisas para validar propriedades e popularizar sua eficácia.  

No Brasil, as superfrutas mais populares são o açaí, guaraná, acerola e algumas frutas vermelhas pela facilidade de encontrá-las em supermercados e mercearias. Contudo, elas nem sempre precisam ser consumidas in natura. Já há opções de snacks, por exemplo, que podem ser levadas na bolsa, mantendo qualidade e sabor. A Kobber possui uma linha de superfrutas, com opções de goji berry, cranberry e blueberry que são opções práticas e deliciosas para o seu dia. 

Gostou das nossas dicas? Quer conferir mais informações sobre alimentos saudáveis? Então, acesse nosso blog e veja outros conteúdos. 

X